7.24.2011

Solitária por umas horas..


Apenas preciso de um tempo para estar sozinha, será que não conseguem entender isso?
Quero estar comigo própria sem ter alguém ao meu lado a dizer: “Estás bem?”, “o que aconteceu?” . Em vez de perguntas porque é que não se limitam apenas a abraçar?
Mas não, acho que é muito complicado, o ser humano não consegue interpretar um choro, um olhar triste como uma simples falta de carinho, mas sim porque aconteceu qualquer coisa de mal. Tenho de admitir que com os outros fico preocupada, e até sou capaz de fazer as mesmas questões, mas com o tempo tenho me percebido que ás vezes só necessitamos de carinho mais nada, alguém que nos abrace e apenas diga.. “Estou aqui”, que nos conforte, e passado um tempo nos diga o que realmente aconteceu, porque agiu daquela maneira.
Mas é claro que os adultos depois vêm com a conversa: “nós já passamos por isso, sabemos o que estas a sentir” , será que sabem mesmo? Acho que não. Sim podem até ter passado por fases parecidas, agora iguais? Não me parece..
O que me deixa aborrecida é quando estou em baixo, acompanhada por a família alguém pergunta: “o que é que ela tem?” e outra responde: “namorados”, só me apetece responder:
“Namorados o quê? Se não sabes estás calada/o “ . Mas não posso responder isto, porque seria uma falta de educação, pelo menos para um familiar. Em vez de ser mal-educada, limito-me a ficar calada e continuar na minha.
Sei que muita gente passa bem mais que eu, e que a minha vida talvez fosse perfeita tirando algumas coisas que a fazem imperfeita, e com imperfeita quero dizer triste, mas sabendo que muitas pessoas passam BEM mais que eu, tento sorrir e dizer: “está tudo bem” .
Ser adolescente não é fácil, e quem pensa que é só jogar computador e dormir, está bem enganado, a adolescência é bem mais que do que um jogo e dormir é aprender a viver e sobreviver neste Mundo .

No comments: