9.02.2015

viva. viva ao tempo que passou. viva à pessoa que fui. viva à pessoa que sou hoje. viva às coisas que ainda tenho em comum com a pessoa que há dois anos era. não sei se perdi muito enquanto tive fora. com certeza que irei continuar a perder se perdi porque esta será uma vez sem exemplo. não é que não queira aqui estar diariamente ou semanalmente mas simplesmente o tempo passa e já não me sinto psicologicamente aceite para tal. seja "psicologicamente aceite" o que for. a verdade é que sinto que a vida tem passado e eu não me tenho esquecido de a viver. não me tenho esquecido de a lamentar como fazia antes mas já não lamento por escrito. talvez esta seja a única diferença. a verdade é que neste momento estou a gostar muito de estar a escrever. será uma reviravolta? tenho as minhas dúvidas. tenho lido mais livros que não gosto do que gosto. não sei se é normal. não tenho lido muito e sempre que leio é uma desilusão. tipo aquele livro prometo falhar que foi ou tem sido tão falado. não gosto. não tenho gostado. mas também não cheguei a metade. e por este andar não chegarei. há dias em que penso que estou bem comigo e com o meu corpo. há dias que me apetece beber água e nunca mais comer. há dias. mas hoje é um dos dias em que estou bem. quero dizer que estou bem. que continue assim.

No comments: